yesterday was hell,
but today I'm fine without you.
eu fui feliz
quinta-feira, 20 de maio de 2010 / às / 7 Comentários

E daí que foi só uma olhada? Eu te vi. Eu te vi mesmo! E agora eu sei que você é real e não foi só alguma coisa que o meu subconsciente inventou ou algum sonho que pareceu real ou qualquer coisa. Você existe mesmo e tudo o que eu vivi contigo, tudo aquilo que você me disse, aconteceu mesmo. Mas quer saber? Eu acho que eu preferiria que fosse tudo inventado, então eu não sofreria tanto quanto eu sofro, e não precisaria pensar em você a cada segundo da minha existência. Agora eu desejaria mesmo que não passasse tudo de um sonho, uma noite apenas, e eu não teria mais que me preocupar. Mas não, você existe e eu tenho que conviver com isso. Eu tenho que conviver com a falta que você me faz, eu tenho que sobreviver sem as suas palavras doces ditas num sussurro, eu tenho que continuar, mesmo sem você ao meu lado. E isso dói, como dói. Me corroe por dentro como ácido, me assusta como aquele filme de terror que assistimos juntos, e eu não consigo dormir à noite. Você é todas as coisas ruins do meu dia. Mas também é a minha felicidade, foi você que me fez realmente feliz. Se eu não tivesse, um dia, sido feliz de verdade, quem sabe eu não sofresse tanto hoje. Mas eu fui feliz.
Estava sem postar por falta de tempo e inspiração, mas enfim, está aí.

o meu tudo
quinta-feira, 13 de maio de 2010 / às / 6 Comentários

E hoje eu te amo, com certeza muito mais do que eu te amava ontem, quem sabe até eu te ame mais amanhã. Eu sei que eu te amo e muito. Eu sei que cada momento que eu passo do teu lado me faz mais feliz, e que eu quero estar contigo a todo momento. Eu costumo falar, falar muito, quando eu estou perto de ti, eu simplesmente perco a voz e não consigo parar de te olhar. Você é tudo para mim. Sabe, eu não costumo ser atrapalhada, mas quando eu estou com você é inevitável parar de prestar atenção em qualquer outra coisa, que não você. É você que me faz feliz e eu quero te amar para sempre, quero estar sempre do teu lado. Agora, você é o meu mundo e a minha vida. Você que alegra os meus dias, sua culpa eu ficar feliz do nada, só uma lembrança do teu olhar, do teu sorriso, do teu cheiro, da tua voz, me faz sorrir. E quando eu estou contigo então, eu desejo que isso tudo seja para sempre. Eu quero que você esteja sempre do meu lado, e eu quero estar do teu também. Eu sei que, não importa o que aconteça, você vai estar sempre na minha mente. E, sabe... Eu te amo.

eu sinto a sua falta
quarta-feira, 12 de maio de 2010 / às / 1 Comentários

"Olá Querido,
O anjo do meu pesadelo, a sombra no fundo do necrotério, a vítima menos suspeita da escuridão no vale. Nós podemos viver como Jack e Sally se nós quisermos. Onde você pode sempre me encontrar. Nós vamos ter dia das bruxas no Natal e, na noite, nós vamos desejar que isso nunca termine, nós vamos deseja que isso nunca termine. Eu sinto a sua falta, eu sinto a sua falta. Eu sinto a sua falta, eu sinto a sua falta. Onde está você? Eu sinto muito. Eu não posso dormir, eu não posso sonhar esta noite. Eu preciso de alguém e sempre. Essa escuridão doente e estranha vem rastejando e assustando o tempo todo. E enquanto eu olhava eu contava: teias de todas as aranhas, pegando coisas e comendo seus interiores, como a indecisão de ligar pra você e ouvir sua voz de traição. Você vai vir para casa e parar com esta dor esta noite, parar com esta dor esta noite. Não perca seu tempo em mim, você já é a voz dentro da minha cabeça, eu sinto a sua falta, eu sinto a sua falta." 
I Miss You - Blink 182




não sou mais a mesma
sexta-feira, 7 de maio de 2010 / às / 6 Comentários

Olhe para mim e veja no que eu me transformei. Depois de tudo pelo que você me fez passar, eu já não sou mais a mesma. Eu não consigo acreditar em mais nada do que me dizem, depois de ter acreditado em tudo o que você me disse e ter me decepcionado tanto, como poderia eu acreditar em qualquer outra coisa? Sei que só iria me decepcionar de novo. Agora eu tenho medo de chegar perto de qualquer pessoa e confiar nela, no final eu serei traída de novo, do mesmo jeito que você me traiu. Eu tenho medo de me afastar das pessoas, eu fico um dia sem falar com alguma pessoa e penso que ela vai me abandonar, do mesmo jeito que você fez. Eu não me preocupo mais em ficar bonita, a única pessoa que eu queria que me visse assim já não me nota mais. Ser interessante para que, se eu já não interesso mais? Agora eu não vejo mais ninguém, só procuro por você, mesmo sabendo que quando eu te encontrar seus olhos não estarão mais voltados para mim. Quem sabe eu devesse parar de te procurar, e então, quem sabe, eu talvez te esquecesse e voltasse a ser a menina meiga e sonhadora, que optou por deixar um mundo para trás e te amar.

banco da praça
domingo, 2 de maio de 2010 / às / 6 Comentários


Eu estou sozinha, sentada no banco da praça, onde costumávamos sentar. Eu fecho os olhos e me lembro dos nossos momentos juntos. Quando íamos àquela mesma praça, quando íamos ao shopping, quando eu ia na sua casa, quando você ia na minha, quando íamos juntos ao colégio, quando íamos ao cinema, quando íamos às festas. Eu me lembro de todos os momentos que nós passamos juntos, como eu poderia esquecer um segundo se quer ao teu lado? Eu me lembro das vezes que rimos juntos, de todas as vezes que choramos, cada história que você me contou, cada filme que vimos juntos. Eu me lembro da sua voz chamando o meu nome. Eu me lembro exatamente de como era te beijar. Eu me lembro do teu abraço. Então eu abro os olhos e me vejo na realidade. Não consigo enxergar direito, porque meus olhos estão embaçados. As pessoas ao meu redor me encaram. As lágrimas correm como um rio, e tudo porque eu lembrei daquele abraço, o último abraço. Olho para o meu lado e você não está mais lá.